Ai de mim!

“Ai de mim, ai de mim!”

Por que esse gemido grego, tão representativo do sofrimento inescapável, tem que soar?

O que fazer quando bate um sentimento de autopiedade e sua vida parece uma tragédia para deixar Sófocles de queixo caído? Hoje, a solução foi Tchaikovsky:

Anúncios
Explore posts in the same categories: Sem categoria

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

5 Comentários em “Ai de mim!”

  1. Assis Vieira Says:

    Ai demim!

  2. pipolo Says:

    Como a amiga Carol, sugiro Beethoven, em especial as Sonatas, são mais depres que essa ai hehehe

  3. João Grosner Says:

    Abujamrices aqui não hein, pode parar!

  4. Amanda Says:

    Triste!

  5. Carol Says:

    Sou mais Beethoven hein!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: